29 novembro 2006

Quanta chuva!


Pelo quinto dia consecutivo a cidade de São Paulo sofre com as fortes chuvas que teimam em cair diariamente. Ela tem até horário marcado: se não cair à 1 da tarde, com certeza às 3 horas ela cai.

A região que mais sofre é a zona leste. O atual prefeito Kassab, que substituiu José Serra, do PSDB, exime a prefeitura da culpa pelos alagamentos. Neste caso, não caberia à prefeitura fazer uma programa de conscientização da população para que não jogue lixo nas ruas e agilizar a limpeza de bueiros?
Ah, apenas como curiosidade: amanhã a tarifa de ônibus na cidade vai passar de R$2,00 para R$2,30. Um aumento bem maior do que o dissídio da maioria dos trabalhadores e até da própria inflação.

E a taxa do lixo que foi criada pela ex-prefeita do PT Marta Suplicy e que o também ex-prefeito Serra prometeu durante sua campanha à prefeitura que iria extinguir?Será que não poderia ser usada para combater as enchentes? E o alto IPTU que pagamos todos os anos?

O trânsito, que nesta época é caótico por causa das compras de Natal, ficou pior ainda. Os aeroportos também fecharam diversas vezes por causa do temporal atrasando mais ainda os vôos.

Aqui
existe um pequeno texto da Universidade de São Paulo explicando porque ocorrem as enchentes e o que fazer para preveni-las.

4 comentários:

Marcelo, Julia e Cia disse...

Olá, Pedro e Jeanne!

Vi seu comentário no blog Familia3M, e acabei entrando aqui.
Estamos na mesma fase: Senta e espera! Só que estamos entregamos nosso processo no final de maio. Enquanto isso, vamos trocando idéias?
Em relação à chuva, esses dias têm sido terríveis. Hoje mesmo, acordei sem luz em casa.
Sucesso!
Marcelo e Julia

Monique disse...

Eu nao suporto chuva, tudo fica mais dificil. Tirando que e um saco andar de guarda-chuva. bjs,

.::Ju::. disse...

Oi Jeanne!

Nossa, chuva é bondade sua! Tá tendo cada temporal de dar medo! Hoje fui no Anália Franco morrendo de medo de pegar enchente na Zona Leste! Quando vi que tinha começado a chuva até enrolei mais dentro do shopping. Ainda bem que aqui perto de casa (moro na Vila Guilherme - ZN) não tem nenhum lugar que alaga, ficar ilhado em São Paulo é o cúmulo!

Beijos!

Ana Celia disse...

Oi Jeanne,
bem me lembro como eram essas chuvas em Sampa... horrivel...:(

Bjs,
Ana