03 novembro 2006

Pequenas coisas de nós dois...


Não sei se isso aconteceu com vocês, mas desde que recebi a carta do consulado com o número do meu processo vivo uma agonia e ansiedade sem fim.
Fico contando os meses e os dias para que o processo acabe e eu possa finalmente marcar a data de nossa ida!

Sei que vou ficar mais desesperada ainda quando tiver que fazer as malas (aposto que não vou conseguir levar nem metade das coisas que quero) e me desfazer dos móveis e outras coisas.

O que mais me preocupa é a enoooorme quantidade de livros, CD´s, DVD´s, fitas VHS, e material de faculdade que temos, quer dizer, o Pedro tem.

Acho que meus livros não chegam a 150 porque estou sempre vendendo os que não gosto nos sebos e trocando por algum outro, mas o Pedro deve ter no mínimo, uns 300 livros, quase 100 DVD´s e uns 200 CD´s. Onde vamos colocar tudo isso?
Ah, ainda estou me esquecendo da coleção de discos de vinil dele...aí eu já nem sei mais quantos tem!

Aceito sugestões porque até agora não temos idéia do que vamos fazer com tudo isso.

Deixar na casa de nossos pais é impossível porque realmente não tem lugar. Além do mais, meus pais moram no Paraná e toda essa tralha não caberia no carro.

Pensamos em alugar um depósito, mas tenho medo de que as coisas mofem ou se estraguem com o tempo.

De qualquer forma, quem conhecer transportadoras com preços honestos que possam fazer nossa mudança posteriormente, por favor, deixem o link aqui.
Se souberem também de guarda-móveis (acho que é esse o nome dos depósitos alugados) em SP agradecemos.
Aceitamos qualquer tipo de sugestão, só não vale falar para vender ou doar tudo!

7 comentários:

Mirela disse...

Olá, realmente depois que a gente da entrada no processo, é sempre uma ansiedade!
Vai passar muito rapido,e quando menos esperar, estarão aqui no Canadá!
Boa sorte!

Valéria Piceda disse...

Realmente uma situação difícil esta! Quanto ao que fazer com tudo! Desculpa, também não sei... Hehehe Só os cds que vocês poderiam converter em mp3 e diminuir drasticamente o material físico, mas acho que o problema não seja este e sim o sentimento que está impregnado em cada objeto de vocês né? Se souber de algum depósito em Sampa, aviso, tá?

Beijos e boa sorte!

Monique disse...

Oi , Vim retribuir a visita.
É dificil mesmo trazer tudo. O melhor é deixar na casa de algum parente e ir trazendo aos poucos. Eu ainda tenho coisa para trazer, como album de fotos por exemplo (pesa !!!!). bjs,

Flávia disse...

Tenho uma amiga que foi para os EUA e mandou tudo de navio - mas parece que ela tinha um conhecido lá...ficou mais barato e aidna dei tempo de alugar um ap...agora lá eu sei que as pessoas tem pouca "tranqueira" (olha quem fala, a rainha do junta-junta) porque se mudam bastante e não tem ninguém pra ajudar a carregar... por isso que o povo acha tanta coisa na rua...

.::Ju::. disse...

Oi Jeanne!

Muito legal o blog de vcs, e olha só que engraçado: vcs começaram o blog só dois dias depois da gente! E qto a ansiedade, nossa, nem me fale, nós nem iniciamos o processo ainda mas já estou morrendo de ansiedade, rs...

Boa sorte no processo! Espero que vcs recebam boas notícias logo!

Beijos!

lucia disse...

Eu acho que a ansiedade nunca passa... Depois que o processo termina, tem mais um monte de coisas para nos deixar ansiosa... o negocio eh se acostumar. :)

No meu caso, transformamos todos os CDs em mp3, uma parte foi trazida em DVDs e outras ficaram num servidor e depois baixamos via Internet.

Ja os meus livros, doei todos para a biblioteca com excecao dos livros tecnicos. A biblioteca de Toronto eh gigantesca... muito provavelmente voce vai encontrar tudo o que quiser por aqui. Da para voce deixar para trazer os livros depois, ou pedir para alguem enviar via Air Canada ou coisa do tipo.

Beijos,
Luh

Luly :) disse...

Nem fale!! Ainda tenho um monte de coisas pra trazer do Brasil... parece que nunca vai acabar!!

Ah! E concordo com a Lucia, a ansiedade vai continuar por muito tempo ainda depois do processo sair. :)

Bjos