10 outubro 2007

Desconstruindo Mitos

Enquanto estamos naquela agonia de esperar pelo tão desejado visto de imigração aproveitamos o tempo para pesquisar tudo o que podemos sobre o Canadá, e em uma destas minhas pesquisas deparei-me com afirmações que me fizeram formar um pré-conceito sobre os canadenses.

Em abril deste ano escrevi um post sobre curiosidades e eis o que está lá:

"Não faça carinho em crianças que você não conhece e jamais toque nelas! No máximo sorria e diga: he/she is so cute."

"O mesmo vale para cachorros. SEMPRE pergunte antes: Can I pet your dog? ou Is she/he friendly?. Os donos não gostam quando a pessoa já vai tocando no cachorro, e depois nunca se sabe se ele (o cachorro) é bravo."

Encontrei estas afirmações lá na comunidade Maura, me ajuda!, que tanto me ajudou durante o processo de pesquisa.

Sinceramente não sei por que disseram isso. As experiências que venho tendo até agora são exatamente opostas a estas. Todos brincam com meus cachorros, acariciam e fazem perguntas; acho até que aqui as pessoas brincam mais com eles do que acontecia no Brasil (é só dar uma olhada no post em que os dogs andaram de metrô).

Com as crianças não é diferente; as pessoas já chegam fazendo graça e carinho. A diferença que percebi aqui é que as crianças parecem ser a coisa mais preciosa da sociedade. Tem até propaganda na TV com números de telefone para você denunciar violência infantil, seja na escola ou no círculo social em que colocam apelidos pejorativos em algumas crianças.

Outra coisa que me chamou a atenção é que você não vê menores soltos e abandonados pelas ruas pedindo esmola; até agora eu não vi sequer uma única criança perdida por aí. Não sei como é em outras cidades e províncias, mas aqui em Toronto elas são bem tratadas.

Quanto a cachorros de rua eu cheguei a ver alguns mas é muito raro. Acredito que o controle sobre a esterilização dos animais seja mais sério por aqui.

Já em outro post eu falo das diferenças culturais e como motoristas e pedestres canadenses são educados. Nada como a experiência para nos confirmar ou não os fatos e este com certeza não é 100% verdadeiro.

Desde meu primeiro dia aqui vi muitos pedestres atravessando fora da faixa, portanto, o mito do pedestre educado foi derrubado.

Motoristas: tão mal-educados quanto em qualquer lugar, com a diferença de que aqui eles têm a obrigação de dar preferência ao pedestre porque se atropelarem alguém as consequências são sérias e pesadas no bolso.

Adoram uma buzina, o que me surpreendeu. Apesar do pedestre ter toda a preferência e de carros pararem no meio da rua ao ver um cruzando as faixas, o mesmo não ocorre com outros motoristas. Já vi passarem em sinal vermelho, xingar e ultrapassar quando não deveriam, mas claro que isso é em menor escala.

Antes de chegar imaginei que os canadenses fossem o cúmulo da educação e polidez. De fato são, mas basta você fazer qualquer coisa "errada" ou fora do padrão que eles já vão logo se metendo e xingam até sua bisavó. Vi isso acontecer várias vezes com pessoas próximas ou desconhecidas.

Enfim, nada melhor do que fazer parte do "povo" para saber como ele vive.
Claro que o que escrevi não passa de um ponto de vista e de uma opinião muito pessoal baseada nos fatos que presenciei até agora; pode ser que outros tenham passado por experiências diferentes e vejam a coisa de outra maneira.

6 comentários:

Vancouver or Bust! disse...

Eu vi uma cena lastimavel no onibus 4 em Edmonton voltando do Edmonton Mall. Uma senhora chinesa aos berros com uma mae que estava com o carrinho de bebe dentro do bus. Eu quase ajudei uma mae no Skytrain em Vancouver que estava com um carrinho, mochila e filho mas a cara dela era tao inamistosa que desisti. Quando ela derrubou a mochila no chao eu indiquei para ela e perguntei "Esta mochila é sua?" ja pegando e dando pra ela. Ela nem olhou na minha cara ou agradeceu. Todo lugar tem gente doida e legal, basta ter contato com as pessoas e deixar rolar. Boa sorte pra voces!

;)Conexao Toronto disse...

Concordo com vc...
Eu pego o metro super lotado na ida e volta do trabalho e como tem gente mal educada.. Eu nao sei o que eles pensam, mas esperam chegar na estacao e parar o trem pra sairem la do outro lado do trem empurrando todo mundo pra descerem.. Isso me deixa fula da vida... E nao sao casos isolados.. Acontece todos os dias!!!!

Qto aos cachorrinhos,eu sou uma que adoro fazer carinho nos cachorros dos outros e ninguem nunca reclamou, pelo contrario, ate ficam orgulhosos e agradecem...

Bjs!!!

;)

Soraya Cruz Wallau disse...

Morro de vontade de conhecer Toronto e já me sinto conhecendo um pouco graças ao blog de vcs. Grande bjo.

Alexandra disse...

Jeanne,
Uma coisa é verdade - os direitos das crianças são super respeitados (as vezes até demais, hehehe). Vc nunca verá uma criança abandonada na rua, se alguem ver uma criança sozinha na rua, com certeza chamarão a assistencia social. E se um pai maltratar uma criança em público ele poderá ser denunciado na mesma hora.

Cachorro sozinho na rua tambem é muito raro. Se alguem vê geralmente chamam o SPCA ou levam pra um veterinario proximo pra ver se tem chip e se o animal esta perdido. Eu vi isso acontecer uma vez quando fui ao veterinario levar a Tequila. Enquanto eu estava lá chegou uma moça com um cachorro sem coleira. Ela o tinha encontrado no parque, sozinho. Ela andou com ele pra baixo e pra cima tentando encontrar o dono e nada. Depois de umas horas, ela o levou pro veterinario pra ver se ele tinha chip. Como a clinica tinha a maquina que lê o chip, eles descobriram que o cachorro realmente tinha um, encontraram o telefone do dono e ligaram pra ele. Achei muito legal!

Toronto é uma cidade super "dog-friendly"; muito mais que Montreal. Mas é bom sempre perguntar se vc pode fazer carinho no animal dos outros. As pessoas gostam disso pq se o animal não for muito "friendly" ela pode te avisar. Os canadenses sempre ensinam as crianças a perguntar primeiro - vc vai reparar que as crianças pequenas geralmente perguntam "can I pet your dog?" antes de chegar muito perto.

Quanto a ser educados... bom, mais de 50% da população de Toronto nasceu fora do Canada. É difícil generalizar. O que posso dizer é que em geral eu acho os canadenses bem polidos. Tenho notado isso na universidade pois comecei a dar aula esse semestre e tenho achado os alunos super educados. Uma amiga minha que veio da Australia disse que lá os alunos eram muito mais desrespeitosos com os professores.

:) disse...

Toronto e muito grande, e tem muitos bairros onde determinados povos se concentram. Acho dificil generalizar quando nos referimos a Totonto. O comportamento das pessoas em geral nas comunidades brasileira, portuguesa, italiana etc e muito diferente de se vc for em bairros onde nao tem muito latinos por exemplo. O mesmo para o bairro chines, indiano grego etc... As pessoas matem muito de suas raizes culturais, o que e bom, mas mantem tambem muito dos mal costumes de cada pais. Vc acha que os motoristas aqui sao tao mal educados como em qualquer outro lugar ?? Sem comentarios...A obrigacao de dar preferencia ao pedestre tambem existe no brasil ( tambem e lei la), mas quase ninguem obedece ( alias alguns sequer sabem disso) ! Aqui os carros param nas faixas, para nas esquinas. E o pedestre e bem mais educado. Claro que tem excecoes. Mas pelo o que eu tenho visto as excecoes daqui sao as regras no Brasil.

leticia disse...

minha curiosidade é quanto a jogar lixo na rua... isso acontece muito por aí, Jeanne?