28 setembro 2007

Capachinho e Piaçava no Metrô


Nesta sexta-feira a Ísis e o Willy fizeram seu primeiro passeio de metrô e streetcar. Nem preciso falar que viraram a atração dentro do metrô, né?

Todos que se sentavam próximos de nós brincavam com eles, conversavam, afagavam e perguntavam se a Ísis era da raça Jack Russel Terrier. Eu nunca havia ouvido falar desse cão mas fui procurar no Google e achei essa foto aí ao lado. Não é que a Ísis parece mesmo com um Jack Russel? Mas duvido que ele seja tão praga igual a ela.

Os dois se comportaram tão bem que eu nem acreditei! A Ísis até deitou no meu colo, e olha que quando ela sai de carro fica em pé o tempo todo, nunca senta, parece um cavalo. Uma vez fomos de São Paulo ao Paraná e ela foi em pé durante as 11 horas de viagem.

A sensação de andar com cachorro no transporte público é bem esquisita, parecia que eu estava fazendo algo errado, escondido e que a qualquer momento iam pedir para eu descer mas não foi o que aconteceu. Os motoristas dos streetcars sequer olharam pra eles então fizemos nossa viagem tranquilamente. Só na volta que pegamos o metrô completamente lotado às 14h30 da tarde!!!! Aí sim foi difícil porque viajamos em pé e ainda tínhamos que ter cuidado para não pisarem nos coitadinhos, principalmente no Willy que é tão pequeno que até em casa a gente vive tropeçando nele, heheheh

Ah, as pessoas têm me perguntado sobre o apelido deles. Capachinho porque o Willy é uma bolinha de pêlos e quando deita fica parecendo um tapetinho e como ele é maria vai com as outras virou Capachinho.

A Ísis tem um pêlo duro e espetado que parece uma piaçava, daí o apelido.

Quem inventou isso? Só podia ter sido o Pedro!

3 comentários:

Paula Regina disse...

Não tenho cachorro mas sei exatamente o que vc sentiu ao entrar com eles no metrô. Sentimos o mesmo a primeira vez que entramos com bicicletas no metrô. Como no Brasil não pode ficávamos com esta sensação o tempo todo mas é só fazer outras vezes para se habituar.
bjs

Alexandra disse...

Eu me lembro que não sabíamos se podia levar cachorro no metro (em Montreal não pode). Procuramos algum cartaz no metro ou onibus indicando e não vimos nada... Como queríamos levar a Tequila, nossa cadelinha, às ilhas e o único jeito era TTC resolvemos perguntar no metro aqui perto de casa. Foi até engraçado - perguntamos pro cara da bilheteria "Pode-se trazer cães no metro?". Ele disse "Ã... yes..." como se fossemos marcianos e tivéssemos perguntado se crianças podem entrar no metro também ;)

Em geral, as pessoas aqui em Toronto ADORAM pets. Todo lugar que íamos com a Tequila as pessoas paravam, conversavam, inúmeras tiravam biscoitinhos de cachorro da bolsa pra dar pra ela, até o dono da padaria aqui perto de casa, quando notou o Alan esperando com a Tequila do lado de fora saiu correndo com um biscoitinho pra ela!!

Muito legal isso...

E aí? anima ir ao Kensington esse fim de semana? Paula? e vcs não animam não?

leticia disse...

jeanne, eu já tava com saudades deles! hehehe
imagina andar com os dogs de metrô!! que luxo!