23 setembro 2007

Torre de Babel

Choquequirao - Peru

Toronto é realmente uma Torre de Babel onde você pode encontrar pessoas de todos os lugares desse mundão.

No Job Start conheci a Maria Elena, uma boliviana que se casou com um peruano e mora aqui há 1 ano. Fomos convidados para almoçar na casa deles neste domingo.

A Maria Elena é um desastre na cozinha; para vocês terem idéia ela é pior que eu porque não sabe nem ferver água, é uma comédia.
Isso acontece porque na Bolívia a mão de obra é tão barata que qualquer família tem empregada, cozinheira e muitas vezes até babá. Desta forma, minha amiga disse que nunca precisou colocar o pé na cozinha, só que aqui no Canadá as coisas são bem diferentes.

Mas não pensem que ela está sofrendo não, porque o marido Jorge é um cozinheiro de mão cheia e não a deixa entrar na cozinha, lá é território dele! Ai, bem que o Pedro poderia pegar umas aulinhas com ele, né? Já pensou eu com cozinheiro particular em casa?

Mas, voltando à realidade, essa mistura de gente de vários lugares é muito rica porque você sempre aprende alguma coisa sobre o país do outro.

Além de cozinhar o Jorge também gosta de dar uma de mochileiro e em 2006 passou 3 semanas sem tomar banho, quer dizer, subindo umas montanhas em Choquequirao, considerada a irmã sagrada de Machu Pichu no Peru. E não vai parar por aí não! Ele disse que ainda falta percorrer a outra parte do caminho que ficou faltando e pretende fazer isso logo no início do próximo ano. Haja disposição!


4 comentários:

Paula Regina disse...

é realmente muito gostoso este contato com o mundo sem sair de Toronto! Nós também saímos todo mês para beber uma boa cerveja com uma turminha muito gente boa que o Mauricio conheceu no Job Start (ele também fez logo no nosso primeiro mês aqui). A esta nossa reunião mensal eu chamo de reunião da ONU pois tem casal do Peru, De Bangladesh e até uma Alemão muito figura!
bjs

leticia disse...

semanas sem chuveiro, internet e telefone??? esses lugares eu só vou ver mesmo é pela national geographic!!

Taís Jacques disse...

Legal, já sabia que existem pessoas de tudo que é lugar, principalmente, árabes, japoneses e coreanos.......

Convidos vcs a darem uma passada no meu blog, para conhecerem um pouco do meu irmão..

ah, tb ja tem fotos nossas!

abraços

Mirella disse...

Que legal... integração com outras pessoas é ótimo nesse primeira parte de Canada, né?
Agora esse seu amigo esta de parabéns!!! Meu problema não seria fazer a trilha e sim ficar sem tomat banho... eheheheh
bjs