09 novembro 2008

Facebook

No Brasil, todo mundo tem um perfil no Orkut. No Canadá, ninguém nem sabe o que é isso, porque a rede de relacionamento (social network) mais difundida por aqui é o Facebook, que é a segunda maior do mundo e a mais séria ameaça à primeira, MySpace, mais popular nos Estados Unidos. Se você conhece um canadense, é quase certo que ele já esteja no Facebook, portanto, se você ainda não tem o seu perfil no Facebook, já está atrasado!

Como toda rede de relacionamentos, o Facebook permite que você mantenha contato com amigos dos mais diversos lugares, compartilhando fotos, vídeos e comentários. Pessoalmente. No entanto, um dos fatores que tornaram o Facebook tão popular ultimamente foi ele ter saído na frente com os "aplicativos", que são peqenos programas, na maior parte das vezes escritos em Flash ActionScript, que você pode associar ao seu perfil e permitem interagir de formas muito mais variadas com seus amigos, desde enviar presentinhos (para os mais variados gostos) até transformá-los em "zumbis" ou "vampiros". É claro que, como qualquer usuário pode criar e distribuir suas aplicativos, o início foi meio anárquico, com spams para todo lado, mas a experiência foi permitindo aos desenvolvedores da plataforma refinarem melhor as regras, de forma a produzir aplicativos que valorizem os vínculos sociais, mas sem chatear que não liga para isso. Lembrando que o Facebook surgiu originalmente para as pessoas encontrarem os antigos colegas de faculdade, e ainda tem muito usuário que está lá apenas para isso.

Só que a rede social acabou se expandindo muito além do ambiente acadêmico e os aplicativos abriram uma nova e lucrativa forma de divulgação. Se no início apenas alguns programadores entusiastas (e muito desocupados) desenvolviam aplicativos simples para se divertir com os amigos, hoje existem muitas empresas de Informática investindo pesado no desenvolvimento de jogos especificamente para esse tipo de plataforma.

Mas porque eu estou falando disso aqui? Bem... acontece que a empresa onde trabalho é uma dessas e eu aprendi tudo isso porque agora estamos desenvolvendo aplicativos para Facebook. Durante os últimos meses, por ordem direta do meu chefe, eu ficava o dia inteiro no Facebook instalando os mais variados aplicativos, jogando os mais variados joguinhos (e tem que jogar até o fim várias vezes, para ver todas as formas de interação do programa com a plataforma) e também, quando sobrava tempo, fazer a mesma coisa no Orkut, MySpace, Bebo, Hi5 e outras redes similares. Agora finalmente lançamos o nosso novo joguinho e eu gostaria de compartilhá-lo com vocês. Ok, é claro que a empresa sai ganhando se várias pessoas visitarem a aplicação, mas é de graça e, pessoalmente, acredito mesmo que é graficamente um dos melhores aplicativos disponíveis na plataforma. E é de graça para os usuários do Facebook! Além do mais, eu agradeço muito qualquer crítica ou sugestão com respeito ao aplicativo, porque estamos sempre tentando melhorá-lo.

Evidentemente o Google, dono do Orkut, não ficou atrás e expandiu seu padrão aberto de widgets (aplicativos para páginas Web) para contemplar as atividades de relacionamento. Infelizmente, por ser um padrão aberto, leva um pouco mais de tempo para ser implementado pelos diversos provedores e se consolidar, se bem que a adesão do MySpace a esse padrão certamente tem um peso muito importante nessa consolidação.

Mesmo assim, o Facebook ainda tem a vantagem de ter saído na frente, e também investiu pesado em suporte aos desenvolvedores para garantir uma boa plataforma de desenvolvimento e aplicativos realmente divertidos.

Como qualquer um pode desenvolver e compartilhar seus aplicativos, tem para todos os gostos. Os mais populares são de envio de presentes, abraços, socos e o que mais se puder imaginar, mas existem outros onde a interação é mais sofisticada, como os de Máfia (gangues, piratas...), onde você precisa recrutar seus amigos para formar a sua gangue e conseguir escalar a hierarquia do crime organizado. Pode parecer bobagem, mas todo mundo que experimenta fica pelo menos uma semana sem falar em outra coisa que não seja como aumentar a sua gangue! Existem também muitos jogos que, mesmo sendo jogados individualmente, criam uma competição entre os amigos para ver quem consegue fazer mais pontos e, com isso, demonstrar mais conhecimento. Os desafios de QI e conhecimentos gerais se multiplicam nesse campo.

E como os aplicativos têm a sua página de perfil similar às páginas dos usuários, eles também permitem trocas de informações e discussões em torno dessas atividades. E um outro diferencial do Facebook: eles mesmos criaram um aplicativo que permite que os próprios usuários traduzam praticamente qualquer coisa no site para o seu próprio idioma. Com isso eles conseguiram em tempo record traduzir quase tudo para mais de 35 idiomas diferentes (incluindo o Catalão e as duas versões diferentes do Norueguês, três do Chinês e até um "Inglês de Piratas"). E já estão em andamento traduções para dezenas de idiomas, incluindo Esperanto e Latim (tudo depende do quanto cada usuário se empenha em traduzir ou avaliar as traduções dos colegas). E você pode ir traduzindo enquanto vai utilizando normalmente o site. Talvez por isso tenha funcionado até melhor do que eles esperavam. E os aplicativos que quiserem podem se utilizar dessa ferramenta também automaticamente, o que os torna ainda mais interessantes.

A propósito, se alguém quiser me adicionar como amigo no Facebook, é só entrar no meu perfil (Pedro Rios) e me convidar. Lá eu posso dar mais dicas e enviar convites para os aplicativos que eu achei mais interessantes. Quem ainda não está no Facebook, precisa entrar logo! E se alguém por acaso estiver em alguma outra rede, provavelmente vai me encontrar lá também, porque eu tive que criar meu perfil profissional em quase todas para os nossos testes: MySpace, Bebo, hi5, Friendster e até o Sonico (argentino), sem esquecer do Orkut e LinkedIn, este último muito importante para contatos profissionais. É a Internet, cada vez mais "socializada"!

7 comentários:

Paulo Mello disse...

Olá, tentei o link para o seu perfil no Facebook, mas o que aparece é o meu perfil...

http://www.facebook.com/home.php#/profile.php?id=1404550826&ref=profile

Fabiane Camargo disse...

oie Jeanne, tbm criei minha conta mas não te encontrei :)
bjs

Jeanne disse...

Pessoal, quem fez o post foi o Pedro, portanto o link é para o perfil dele, não para o meu.
:)

leticia disse...

muito legal!
já instalei no meu perfil!

Clau e Zé disse...

olá!
acabei de te add!

Clau e Zé disse...

Existe mto espaço tb para ativismo político no Facebook. Aliás, foi ferramenta eficiente na campanha de Obama...

Juliana Guimarães disse...

Olá, Jeane! Como vai?

Meu nome é Juliana Guimarães, sou atriz e venho pesquisando festivais de teatro internacionais que aceitem produções em língua portuguesa! E sempre aparece o blog de brasileiros que vivem no exterior!!Hj me deparei com o seu ao pesquisar como fazer ligações a cobrar do exterior para o Brasil! Sua explicação está melhor do que o site da embratel!! heheh

Achei seu blog muito interessante e rico em trocas de informações! Tudo muito simpático! hehe..Parabéns!!

No mais gostaria de fazer amizade, pois estarei em Toronto dia 15 de novembro !!
Meu email é julianaguimarãeslyra@gmail.com

meu blog, ainda em construção é http://www.julianaguimaraeslyra.blogspot.com/

Se vc puder entrar em contato ficarei muito agradecida!! É sempre bom saber como é a cidade através do olhar de brasileiros!! rsrs
Muito obrigada pela atenção!!
Sorte sempre!!
Juliana