08 julho 2008

Ecologicamente correto

Aqui em Toronto (e acredito que no resto do Canadá também) existe uma grande preocupação com o aquecimento global, reciclagem e outros assuntos ligados ao ecossistema. Por todo lado vê-se propagandas incentivando e ensinando a população a poupar energia, água, a reciclar e não poluir o meio ambiente.

O que está na moda agora são os carros híbridos. O Smart for two tem o que eles chamam de ecoAUTO Rebate, ou seja, você compra o carro e depois recebe uma parte do dinheiro de volta, neste caso 2 mil dólares, mas não pára por aí.

Na semana passada notei uma placa interessante no estacionamento de um conjunto de edifícios comerciais, ela dizia que aquela vaga era exclusiva para veículos híbridos previamente aprovados, ou seja, você compra um carrinho ecologicamente correto e vai lá na administração do edifício para cadastrá-lo para aquela vaga. Com isso você tem estacionamento garantido todo o mês. Melhor seria se você usasse o transporte público, claro, mas muita gente trabalha fora de Toronto e precisa utilizar o carro para ir até o trabalho.

Em uma das empresas em que trabalhei aqui havia cartazes incentivando as pessoas a comerem suas refeições na lanchonete ao invés de pedirem o almoço "para viagem" e levá-lo em uma caixinha de isopor até o escritório.

Tanta preocupação tem fundamento porque a camada de ozônio aqui na América do Norte está mais danificada do que na América do Sul, e com isso a gente acaba tendo como amigos inseparáveis a garrafinha de água e o protetor solar mesmo nos dias em que não faz tanto calor. Uma hora de exposição ao sol já é suficiente para fazer um bom estrago. Como prova, dá uma olhada no braço do Pedro depois de andarmos de bicicleta no Canada Day; ele esqueceu de passar protetor solar e voltou parecendo um pimentão:

Estados Unidos e China lideram o ranking dos países que mais poluem o mundo. A China assinou o Protocolo de Kyoto em 1997 se comprometendo a diminuir a emissão de gases poluentes mas vocês bem se lembram que os Estados Unidos se recusaram a assiná-lo, infelizmente.

2 comentários:

K disse...

É impressionante como por aí a gente (pelo menos, é assim comigo) sente necessidade de passar hidratante e protetor solar. Aqui, nunca uso nenhum dos dois. Mas sempre que viajo aí pra cima, a primeira coisa que faço é comprar um hidratante. Mas acho que tem a ver com a falta de umidade, né?

Quanto ao ecologicamente correto, acho que está mais do que na hora do mundo inteiro pensar nisso. Sem radicalismo, mas que isso seja uma preocupação.

Beijo,

K.

Mirella disse...

Eu estou super orgulhosa de mim... pois comprei um hybrid ao invés do carro que queria comprar.
Estou super feliz com minha aquisição, mas só recebi 1000 doletas de rebate, paguei pelos outros 6000 dolares (o carro hybrid é mais caro que a versão a gasolina).
bjs