06 março 2009

E as praguinhas?

Mesmo antes de viajar as pessoas já me perguntavam com que eu ia deixar minhas praguinhas, quer dizer, meus anjinhos, como diz a Elaine. Pois foi ela o anjo que cuidou dos meus cachorrinhos quando viajamos no Natal e agora nas nossas férias.

Eu só tenho a agradecer por todo carinho que ela, juntamente com o Claudio e Natália, deram aos meus dois peludos. Sei que não é fácil cuidar de cachorro, ainda mais dos outros, mas acho que foi uma boa experiência para ambas as partes, principalmente para a Natália que corria pela casa com a Ísis se divertindo ao lado dela.

No meio das minhas férias tinha um feriado, e eles precisaram viajar também. Desta forma, deixei tudo arranjado com o Willowdale Animal Hospital, na unidade da Sheppard, que oferece um serviço de boarding. Para hospedar seu gato, cachorro, chinchila ou outro animalzinho, é preciso ser cliente do hospital.

O atendimento veterinário deles é bom, mas não gostei do serviço de hospedagem. Como na maioria dos lugares, os coitados ficam presos em gaiolas o dia todo e sabe-se lá quantas vezes ou quanto tempo passearam por dia.

Fui informada que a Ísis teve um "desarranjo" logo no segundo dia; eles acham que foi stress, e eu acredito, pois ela é claustrofóbica e ficar presa em gaiola não deve ter sido muito legal.
Deixei por escrito várias recomendações e pedi que dessem banho neles um dia antes de eu ir buscá-los. Não deram, e o Willy veio com um cheiro fortíssimo de urina no pêlo, o que me preocupou levando a achar que não o tiravam da gaiola para fazer xixi.

Enfim, por mais que procuremos um lugar de qualidade, nenhum cuida dos nossos peludos como o próprio dono (ou amigos do dono, no meu caso). Lá no Brasil mesmo eu me decepcionei com 2 hotelzinhos que aparentavam ser bons, mas no fundo eram mais ou menos.

Para levá-los até o hospital acertei tudo antecipadamente com o Jim, do Doggie Taxi. Falo desta empresa neste post.

Ainda no Brasil, fiz alguns orçamentos para hospedagem de cachorros. Se você quiser procurar outros locais e outros serviços é só ir no site Toronto dogs.

13 comentários:

Tathi disse...

Oi Jeanne...
Sei bem como é a agonia de deixar nossos bichanos em hoteis!
Eu mesma, após apelo de um monte de clientes (sou vet), resolvi hospedar bichinhos na minha casa, dentro dela e soltos (subindo no sofá e dormindo comigo! hehe)!
Cada história que ouvi de traumas causados por hoteis que nem te conto!
Acho que essa deve ser uma boa area a ser explorada no Canada, pois vejo que muita gente, de diversas cidades, tem encontrado as mesmas dificuldades que aqui no Brasil!
Beijocas...

Tathi

Andréa disse...

Jeanne, tenho esquecido de te perguntar: como ficou aquela história dos dois cachorros no seu condomínio? Você conseguiu contornar? Pelo jeito sim! Depois conte como foi...
Bjs,
Andréa
www.picolecarioca.com.br

Karinny disse...

Gente o hotel da petsmart é ótimo (caro, uns $25) e você pode pagar extra pelo passeio e brincadeiras com outros cachorros. Um luxo! Recomendo.

Marcio e Leudia Barros disse...

Aqui, num gostei de ler a notícia não. Por quê não deixou na minha casa? Magoei :-(

Da próxima vez, mande seus "filhotes" para cá, ok?! Serão tratados como príncipes!

;-)

Jeanne disse...

Marcio e leudia,
Olha que eu deixo mesmo, hein!
:)
bjs

Jeanne disse...

Andrea,
depois da carta escrita a sangue que entreguei a presidente do board of directors, nunca mais me falaram nada, mas continuamos saindo escondidos dos vizinhos para ninguem reclamar que temos 2 cachorros.
sempre vejo uma senhora passeando com 2 salsichinhas no predio em frente ao meu. Talvez seja uma saida para nos se comecarem a nos encher a paciencia de novo com a regra estupida de permitir 2 pets mas so 1 pode ser cachorro,
bjs

Jeanne disse...

karinny,
Nao sabia que o petsmart tinha boarding aqui em Toronto.
Conheco a unidade da eglington mas eles nao hospedam. Vc poderia me passar o contato?
Tb paguei $25 pela diaria de cada um; foi um dos melhores precos que consegui.
bjs

Cadinho RoCo disse...

O cão Jota veio de um canil, mas depois que está comigo nunca mais se hospedou em lugar nenhum. Mas que deve ser difícil encontar um lugar adequado, não tenho dúvida disso, seja lá onde for.
Cadinho RoCo

Clau e Zé disse...

A foto deles olhando a neve é linda!

Monique disse...

Acho que nesse caso um dog walk vale a pena, a pessoa vai na sua casa, leva seu cachorro para passear e alimenta.
No meu caso tenho 2 gatos e tenho uma cat sitter para quando eu viajo, ela vem aqui em casa, da comida pros bichos e brinca com eles. bjs,

guerson disse...

O meu problema com a Tequila é que era complicado deixar ele em hoteis pq ela não se dava com outros cachorros.

O melhor mesmo é encontrar alguém de confiança pra ficar na sua casa quando vc viaja (ou que queira ficar com seus cães) ou deixa-los numa dessas casas rurais onde eles ficam soltos o dia inteiro.

Sweet Canadian Life disse...

Eu entendo bem o que e' isso! Minha cachorra Lhasa Apso morreu de stress ha' alguns anos enquanto estava de ferias no Brasil. Bem e' uma longa historia, mas me custou bem caro. Tive experiencias super traumaticas mesmo deixando meus filhotes na casa de amigos. Por anos levei os meus cachorros em todas as viagens que faziamos, mas ha' alguns anos atras a Air Canada proibiu levar os peludos na cabine. Alguns hoteis sao bons, outros muito ruins. Mas e' sempre o mesmo dilema: onde vamos deixa-los para que eles tenham o minimo de stress? Os meus ja' sao idosos e o Sammy ficou cego uma vez de tanto stress... Entao em Dezembro fizemos diferente: deixamos os cachorros em casa e uma amiga vinha 2 vezes por dia ve-los. Da proxima vez vou pagar o filho dela pra dormir em casa.... Dessa vez eles nao tiveram stress. Quando chegamos fizeram festa como se eu estivesse voltando do trabalho e agiram como se fosse mais umm dia rotineiro... Sei que existe dog-sitter services: ela vai na sua casa, leva os cachorros pra passear 3 vezes ao dia e se voce pagar um extra, ela ate' dorme tb.
De qualquer forma, nao e' facil escolher um lugar pros bichanos ficarem durante a nossa ausencia! esse e' sempre o meu dilema, pois eu amo essas "praguinhas" demais da conta!!! :-)

simone disse...

Ai, ai, Jeanne, nem vou me alongar muito nesse assunto, porque eu acho que vc jah conhece a historia ... Quem tem bichinhos sempre sofre nessas horas! Mas fico feliz que vc tenha arrumado um casal de amigos que cuidou de seus filhos, porque aqui eh muito dificil de achar pessoas assim, viu? Tambem, nem os culpo, nao eh facil mesmo ... Eu mesma acho uma responsabilidade muito grande cuidar dos animaizinhos dos outros, ficaria preocupada. Mas bem que eu poderia abrir um negocio desses, tipo de "pet sitter", eu ia adorar !!!
Beijos,
Si