18 novembro 2009

Walk-In Clinic

.
Nesta terça-feira utilizei pela primeira vez o serviço de uma Walk-In Clinic.
Eu sabia que havia uma bem perto de casa, mas não sabia o horário de funcionamento. Desta forma, descobri que se você fizer uma busca por “walk in clinic toronto” no Google, vai encontrar vários sites com avaliação e endereços das clínicas em sua região.
Essa que fui fica na Yonge x Sheppard e funciona com hora marcada ou não, dependendo da agenda do dia.
Cheguei lá às 9h30 da manhã achando que encontraria uma fila gigantesca, mas não havia ninguém, mesmo porque a clínica é bem pequena. Infelizmente, o médico só chegaria mais tarde, então a recepcionista me pediu para voltar às 11 da manhã.
Cheguei uns 20 minutos mais cedo e havia uma pessoa na minha frente. O doutor me chamou logo, mediu minha febre, pressão, olhou a garganta e me receitou Tamiflu para minha gripe. Eu havia me queixado de uma forte e insitente dor de cabeça que já durava mais de dois dias (sinusite), e é claro que ele não poderia ter deixado de recomendar Tylenol.
Tylenol já virou até piada por aqui entre os brasileiros, pois onde quer que você vá, vão te prescrever Tylenol para tudo. E não é que funciona? O meu é Tylenol Sinus e tem ajudado bastante.

Ouvi falar de clínicas que cobram uma taxa para atendimento, mas nesta eu não paguei nada. Também não paguei nada pelo Tamiflu, que é coberto pelo OHIP.
Fora a demora em marcar consulta com minha family doctor, não tenho do que reclamar do sistema público de saúde. Para mim tem funcionado a contento.
.

8 comentários:

Paula Regina disse...

Funciona e funciona bem sim! Para mim também, e olha que tenho usado muito o sistema de saúde daqui por conta da gravidez que já vai aí para os seus 8 meses e, na verdade, estou muito satisfeita com toda a experiência. O sistema só é diferente do que estávamos acostumados no Brasil mas é muito mais justo e quando é realmente necessário funciona mesmo.
Estimo as melhoras por aí. Aliás, vc viu o meu convite para o chá de bebê? Me dá um alô dizendo se vc melhorou e se vai poder curtir conosco neste domingo 22 de novembro a festinha do Arthur.
bjs

Alexandra disse...

Eu sempre fui em walk-in clinics quando tive emergências; nunca fui em um hospital e nunca tive que esperar muito tempo pra ser atendida. Mesmo quando caí e quebrei o pé em Montreal, nós corremos pro walk-in clinic apesar de morarmos a uns 500m do hospital. O Alan sabia bem que pé quebrado ou torcido não representa risco de vida e que por isso provavelmente amargaríamos horas no hospital. O walk-in clinic tinha um bom médico, uma clínica que fazia raio-x no proprio predio... bem tranquilo. Como vc, só tinha mais uma pessoa na minha frente.

Eu nunca tive do que reclamar...

Flávia disse...

Eu também fui à uma walk-in aqui pela primeira vez essa semana - meu marido já tinho ido; eu não. Cheguei por volta de 9:30 tbm e fui atendida umas 11 horas. Mas tinha bem uma meia dúzia de pessoas na minha frente e quando fui atendida o médico pediu desculpas várias vezes por ter demorado. Eu acho que foi ótimo, considerando que era segunda-feira (o dia mundial de visitar pronto-socorros e emergências! rsrsr). O atendimento foi excelente e não paguei por nada.
Eu também estou na lista dos satisfeitos com o sistema de saúde. Não tenho do que reclamar (a propósito, já esperei muito mais tempo por médico particular com consulta marcada no Brasil).

* Cibele & Junior * disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
* Cibele & Junior * disse...

Por coincidencia fui a uma walk-in clinic hoje. Tem uma do lado de casa na Eglinton e Mont Pleasant.
Estou com dor de garganta, tosse muita dor no corpo.
Tive que utilizar o seguro saude do Brasil, pois ainda nao recebemos nosso OHIP.
Na verdade a médica nao me receitou nada alem de Tylenol (claro)e umas pastilhas.
Pedi um remedio para dor de garganta e ela disse que ainda nao era necessario.
Bom, a dor de garganta ainda nao passou, mas como sou prevenida trouxe um anti-inflamatorio do Brasil e estou tomando.
Vamos ver se passa...

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Que bom. Só boas referências. Dá pra ficar bem seguro.

E a vida segue...

Erika disse...

Oi Jeanne, acompanho o blog dos barbaros a um tempão e adoro. Gosto da sua maneira de expor suas idéias principalmente porque me parece bem pé no chão, ao contrário de outros blogs onde as pessoas são "deslumbradas". Estamos migrando para Toronto em Abril 2010 e gostaria de uma dica: qual o teu médico de família? Eu lembro que em outro post você comentou gostar muito de um.
Meu email: erikaledo@gmail.com. Atecipadamente te agradeço a informação!

Marilena disse...

Nunca tinha ouvido falar de taxa em walk in clinic. Nós descobrimos uma em mississauga que funciona até as 11 da noite mesmo nos finais de semana e o atendimento é super rapido: em 10 minutos somos atendidos. O problema é que o medico mal olha pra vc. Rapidinho ele te examina e te passa uma prescrição com Tylenol, é claro! Mas eu acho que deve funcionar mesmo porque existem varios tipos de formulações para tylenol. Eu ainda nao testei nenhuma mas é bom saber que pelo menos esta funciona porque de vez em quando eu fico meio congestionada e o tylenol normal nao costuma produzir muito efeito.
bj