09 julho 2009

Afetados pela greve

Os servidores públicos de Toronto entraram na terceira semana de greve, com isto já superaram as duas semanas de greve que fizeram em 2002. O que mais se comenta por aqui é sobre a sujeira e o mal cheiro da cidade, mas existem outras implicações, pois a greve não atinge somente a coleta de lixo.

Esses dias vi uma reportagem na TV mostrando que mais dois aterros foram fechados porque atingiram sua capacidade máxima, no entanto, mais dois foram abertos. Em um dos aterros fechados havia uma corôa de flores e uma faixa onde lia-se “Summer 09”, ou seja, para os moradores de Toronto este verão já era, está morto. Isto porque não é somente o lixo que está deixando de ser recolhido, mas outros serviços também estão parados, chegando ao cancelamento dos fogos de artifício no Canada Day.

As pessoas utilizam bastante os centros comunitários, principalmente aqueles que têm filhos, pois lá existem piscinas, quadras de baseball, hoquei, futebol, entre outras coisas. Na mesma reportagem um pai disse que as crianças não estão mais brincando na rua por causa do cheiro horrível de lixo. Eu vi muitas latas de lixo transbordando, mas acho que não cheguei a andar nas zonas mais atingidas, pois ainda não senti este cheiro de que todos falam. Continuo dando minhas pedaladas por aí sem atropelar lixo pelas ruas.

Outro setor afetado são os serviços no City Hall. Fomos pagar o "IPTU" do apartamento na semana passada e demos de cara com ele fechado por causa da greve. Tenho um colega que está reformando a casa e precisa de uma plumber license, mas com a greve ele terá que esperar, e enquanto isso a casa vai ficar sem cozinha e banheiro, pois ele não pode fazer a instalação dos canos sem este documento.

Não é só a população que perde com essa greve, mas a economia também. O verão é a época em que a cidade recebe mais turistas, mas com serviços indisponíveis, como a balsa para as Ilhas por exemplo, a cidade perde muito dinheiro. Em uma época de crise, isso é inadimissível. Fico imaginando quantos empregos temporários deixaram de ser gerados por causa da greve.

.

6 comentários:

Ju disse...

Nossa...o pessoal aqui do Canada não tem uma noção pra fazer greve...os ônibus entraram em greve aqui no auge do inverno! Greve que durou quase 2 meses! Absurdo!

Mas menina, quem ficou besta com o custo de vida de Toronto fui eu, aqui em Ottawa vc acha Townhome novinha de 4 quartos por Ca$260.000.00! Olha lá pra ver que eu não tô mentindo: http://www.mintohomes.com/Ottawa/find_yourHome/quickOccupancy.asp vê o modelo Park Place! Com 400k vc compra uma bela single por aqui!

Beijos,
Ju

Celeste Morrigan disse...

Pô, só porque vou pra Toronto no final do mês... conspiração, só pode. Espero que a greve termine até lá u.u'

Cláudio disse...

Essa greve já foi longe demais... acho que já devia ter sido mandado pra arbitragem há muito tempo. Nenhum dos lados vai ceder nessa história dos sick days.

Taís Jacques disse...

Tomara que essa situação se resolva o mais rápido possível, não só para aqueles que estão aí tentando aproveitar o verão, mas tb p/ os muitos imigrantes que estão p/ chegar até Agosto, como eu...

abraços,

Taís Jacques

ps: e eu que pensava em aproveitar ainda o restinho do verão, ainda em Agosto!!!

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Tomara que voltem logo. Que caos deve estar por aí.

E a vida segue...

Paola Tavares Silva Wortman disse...

a epoca da greve faz parte da estrategia ... greve de onibus no verao quando todos podem andar e pedalar nao gera pressao sobre o governo; se o lixo nao feder (no inverno deve ficar tudo congeladinho) e incomodar e se a cidade nao tiver um grande prejuizo com o turismo nao gera pressao para atingir o objetivo da classe. aqui em israel tem muita greve de professores, que obviamente comecam uma semana antes do inicio do ano letivo.