26 maio 2009

Toronto Doors Open

.
O assunto do final do semana foi o Toronto Doors Open. São dois dias em que vários prédios de Toronto abrem suas portas gratuitamente ao público para visitação. Eu fiquei esperando por este momento durante meses, pois queria visitar a Casa Loma e terminar de visitar as exposições do ROM e do AGO, mas acabei ficando na vontade.

A Casa Loma só abre parcialmente para este evento, portanto, se quiser entrar na Casa tem que pagar sim! O ROM e o AGO nem entram no circuito. O que fazer então?

Como eu já tinha levado um balde de água fria e não tinha nada para fazer num dia lindo de sábado, resolvi visitar atrações que ficassem próximas ao metrô para que eu não precisasse usar o carro.

Fomos primeiro ao Gibson House Museum, uma casa construída em 1851, e lar do imigrante escocês David Gibson e de seus 7 filhos. David era procurado pelo governo por ter participado da Upper Canada Rebellion de 1837, e por isso ficou exilado durante 11 anos nos EUA.

Naquela época, North York ainda fazia parte da região de York, e só há poucos anos foi incorportada à Great Toronto Area. A família levada meio dia para chegar até Toronto.

A casa dos Gibson fazia parte de uma fazenda que ia da Yonge St. até a Bathurst St. Não tinha água encanada e o sistema de aquecimento era feito por dutos que saíam da lareira e iam até os quartos na região superior da casa. Imagina a fumaceira que ficava!

Quarto do casal com o "sistema de aquecimento" que saía da lareira da sala (na foto abaixo):

Em seguida, fomos visitar o prédio da Old City Hall, cuja arquitetura é linda tanto por fora quanto por dentro, mas infelizmente é proibido tirar fotos no interior do prédio. Além do mais, o acesso às áreas de visitação era parcial.
:(

Old City Hall

Nada mais justo do que visitar o novo prédio da City Hall, e lá fomos nós, mas não achamos nada interessante.
Seguindo a linha de prédios antigos públicos, lá fomos nós para o Legislative Building, construído em 1892. Sempre tive vontade de visitar, mas ao chegarmos lá as senhas para visitação já haviam se esgotado.
:(

Legislative Building

E para fechar o fim de semana, revisitamos o Edwards Garden Park e fizemos um amiguinho por lá: um raccoon simpático, gordo e pidão. Ele ficava olhando para as pessoas esperando que elas lhe dessem alguma comida. Mais para fente tinha um esquilinho abusado que chegava perto da mão de qualquer um, esperando por comida também.















.

5 comentários:

Ciça Donner disse...

Mas isso é que chemo de finald e semana multi. Do rustico ao moderno!

leticia disse...

que pena que vc nao foi na casa loma

Taty disse...

muito fofo o maluquinho... agora, fala sério aquela chaminé super fashion no meio da sala hahahahaha

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Pra mim que adoro história seria um espetáculo um passeio desses. E se minhas filhas vissem um esquilo e um guaxinim de perto seria tudo de bom porque adoram animais.

E a vida segue...

Clau e Zé disse...

Legal esse aquecimento hein! Ficava todo mundo bem cheirosinho...

Eu quero um racoon! Eu não vi racoon!

Ah, tem um esquilo aqui que vem sempre na nossa janela pra provocar o Poldo. Sério, ele fica olhando pro Leopoldo (q fica mto brabo) vibrando o rabinho, é mto engraçado...