05 fevereiro 2009

Trabalhando no Canadá

Muita gente deve estar curiosa para saber como é o ambiente de trabalho aqui no Canadá. Vou falar de Toronto e dos locais onde trabalhei porque, assim como no Brasil, cada empresa tem sua própria cultura e particularidades.

Hoje tenho um full-time job (o que seria o famoso trabalho "de carteira assinada"), mas aqui não existe carteira para ser assinada, apenas um contrato como o que assinamos no Brasil, que especifica nosso direitos e obrigações, bem como seu salário.

Trabalho das 9 às 5 da tarde e até hoje não sei se isso inclui 1 hora de almoço ou não porque muita gente sai para almoçar e demora até mais de 1 hora. A maioria dos gerentes (exceto o meu) não se preocupa com o horário dos funcionários e dificilmente tem alguém no escritório antes das 9h30. Faço parte do time de desenvolvimento cujos programadores estavam acostumados a chegar lá pelas 11 da manhã, mas como temos negócios com o Egito, meu chefe começou a pegar no pé do pessoal para chegar mais cedo. Agora eles chegamàs 10h30.

Há 3 tipos de empresas aqui: pública, privada e governamental (corrijam-se se estiver errado). A privada fala por si mesma, possui um dono que retém todas ou parte das ações da empresa. A governamental também não precisa de explicações, são as empresas mantidas pelo governo para servirem à população. Já a empresa pública, que é o caso da minha, possui váriso acionistas (investidores) e cada funcionário recebe uma quota em ações quando é admitido para trabalhar.

Trabalhar aqui não é nenhum bicho de 7 cabeças, e o tipo de figuras que encontramos no Brasil, também encontramos por aqui: o funcionário abelha (que só faz cera, e nada de produtivo), aquele chefe que quer tudo para ontem, o funcionário, certinho, o que não está nem aí para nada, e o funcionário que vem trabalhar de chinelo! Sim, este ser existe e é mais comum do que se imagina.

Na minha empresa, além do cara que vem trabalhar de chinelo no verão, tem dois caras que usam aquelas sandálias de couro de velho, deixando as unhas enormes e o calcanhar cascudo à mostra. No inverno eles continuam com a mesma sandália, mas acrescentam uma meia, tornando a cena pior ainda!

Claro que não posso falar por todas as empresas, apenas pelas quais conheço, e o que mais gosto aqui é que se eu sair às 5 da tarde em ponto, ninguém vai achar ruim ou fazer piadinha. O trabalho faz parte da sua vida privada, e não o contrário. Existem aqueles dias em que você não tem hora para sair por causa do release de um projeto, mas isso é exceção, e não regra.

Outra coisa maravilhosa é que ninguém fica se tocando, dando beijinhos ou abraços. Apertos de mão são bem-vindos em ocasiões como aniversário, por exemplo.Onde trabalho é costume as pessoas se reunirem e pagarem o almoço do aniversariante, e você não rpecisa se preocupar em receber beijinho no rosto daquele chefe nojento ou do colega pegajoso. Isto não acontece!

Um dia desses meu colega colombiano (que virou meu amigo pessoal) estava saindo de férias perto do Natal e me pediu um abraço na frente do meu colega canadense. Eu quase morri de vergonha porque ninguém se abraça na empresa, mas como somos latinos temos uma desculpa, né? Mas depois chamei meu amigo de lado e pedi para ele nunca mais me colocar numa situação como esta. Pois é, às vezes os latinos têm "calor humano" demais. rsrssrs

Aproveitando a ocasião, este blog entrará de férias a partir de amanhã. E nós também!
:)

18 comentários:

Eliane disse...

Adorei a parte do calcanhar cascudo rsrs, deve ser horrivel só de olhar.
Beijos e boas férias!
Eliane

Brasil na Italia disse...

Beijinhos e abraços pegajosos são o ó! rs...

Fabiane Camargo disse...

sandália de couro com meia é horrorozo!!! heheh você deve ser divertir hehehehe
boas férias

Taís Jacques disse...

Que ótimo que excluem os abraços e beijinhos, aqui é demais...Ah! ótimas férias p/ vcs!!!

bjs

Taís Jacques

Ju disse...

Muito bom! Não vejo a hora de achar um emprego de verdade por aqui...rs...

Beijos,
Ju

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Mais uma diferença entre os países bem vinda só que sem o calcanhar cascudo, faça o favor.

E a vida segue...

evertoncorreaimigrationjob@gmail.com disse...

boa tarde,

estou decidindo em que cidade morar.

poderia me informar o custo dos iten s abaixo?

SE puder dar essa juda para um conterraneo , seria de muita valia

ATT,
EVERTON
evertoncorreaimigrationjob@gmail.com


ap 1 1/2
localidade

gas
luz
aquecimento
agua

metro
onibus
comida


telefone
celular
celular - pos
internet





geladeira
Refrigerator/ freezer
fogao (gas cooktop)
glass ceramic cooktop
microwave
tv
cama (bed frame)
colcao(mattress)
mesa
armario
cadeira
estante
taxa de entrega
montagem

evertoncorreaimigrationjob@gmail.com disse...

acho que deu pau no micro:
estouo mandando novamente:





boa tarde,

estou decidindo em que cidade morar.

poderia me informar o custo dos iten s abaixo?

SE puder dar essa juda para um conterraneo , seria de muita valia

ATT,
EVERTON
evertoncorreaimigrationjob@gmail.com

ap 1 1/2
localidade

gas
luz
aquecimento
agua

metro
onibus
comida


telefone
celular
celular - pos
internet





geladeira
Refrigerator/ freezer
fogao (gas cooktop)
glass ceramic cooktop
microwave
tv
cama (bed frame)
colcao(mattress)
mesa
armario
cadeira
estante
taxa de entrega
montagem

simone disse...

Oiê! Boas férias pra vocês, aproveitem bastante !!! E quando voltar, passa lá no meu blog, que mandei um selinho pra você, tá aqui o link: http://simonenachina.blog.terra.com.br/2009/02/09/presentoes/
Beijos,
Si

Gleice Kelly disse...

Oi, quando vcs tiverem um tempinho eu gostaria de saber como é o custo com animais ai, vou levar meus dois Yorks e queria saber se veterinário é muito caro e como funciona aquela licença que todo cachorro tem que ter.

Alessandra Mosquera disse...

Olá Jeanne! Meu nome é Alessandra, sou paulistana e moro em Madrid há quase 5 anos. Descobri o seu blog pelo Mundo Pequeno e estou gostando muito, sempre quis ir ao Canadá e seu blog é muito legal... me chamou a atençao o nome - as Invasoes Bárbaras - e tive que ver! E quando encontrei a foto dos cachorrinhos vendo a neve, percebi que iria gostar do seu blog! Rs... aqui nao é tao frio, mas esse inverno tivemos direito a uma neve à moda dos países mais frios, os canos nao congelaram, mas em 2005 eu me lembro que sim... que inveja de nao precisar dar beijinho em chefe, ai quem me dera... o cara de chinelo foi o máximo, aqui também tem umas figuras que parecem saídas de um filme do Almodóvar. Um beijo pra vc, boas férias e espero "te ver" mais porai!

Edvani disse...

Olá Jeanne,
Aqui em Montréal é bem parecido. Mas, sei lá, qual o problema de receber um beijinho no rosto ou um abraço sincero de um colega de trabalho? Muitos reclamam que aqui as pessoas são muito frias, talvez lhes falte exatemente isto : calor humano!
Boas férias sem beijo!rs

Edvani & Régis

Elaine disse...

Oi Jeanne!

Que calor, né?

Estamos lhes indicando pra brincadeira do "meme".
http://simboraprocanada.blogspot.com/2009/02/primeiro-meme.html

Beijos!

Monique disse...

La na empresa também tem de tudo um pouco, cada ser muito engraçado, mas acho que no inverno as pessoas se vestem melhor.

Ma disse...

Olá Jeane!!

Não sei se vc se lembra de mim, há algum tempo atrás assim que entrei no processo te mandei um email cheio de perguntas e vc me respondeu muito atenciosamente!
Agora o processo parece estar andando, e eu também tenho um blog!
Se tiver um tempinho de uma olhadinha!
http://2butterflies2.blogspot.com/
um abraço!!!
MA

Re disse...

Oi Jeanne,
Te indiquei para um meme lá no blog.
Beijos
Re

Beto disse...

Eu queria saber se é como aqui no Québec se tem esse negocio de mais rapido nao esta bom, nao esta rapido, Você trabalha como uma mulher, vamos você esta aqui para trabalhar. Merda, bosta, e também se tem os equivalentes aos sacramentos que aqui sao comuns como "hostia, tabarnaculo, calisse, connard, etc"

Beto

Wender e Ana Paula disse...

Nossa, adorei este post!