22 junho 2007

Air Canada contra pets

A Air Canada divulgou hoje uma notícia que me deixou estarrecida: a partir de 15 de julho não será permitido o embarque de NENHUM animal nas aeronaves da companhia em vôos domésticos, salvos cães guias para deficientes visuais. Posteriormente essa política será estendida para vôos internacionais também.

Incialmente eu havia recebido a notícia de que a proibição era total, então imaginem meu desespero a 29 dias do embarque sabendo que a Ísis e o Willy não poderiam ir comigo.

A "passagem" de um pet sai em torno de 200 dólares para que ele viagem no compartimento de bagagens no mesmo vôo que seu dono. Se for enviado sozinho como carga viva em um avião cargueiro esse valor sobe para 1500 dólares NO MÍNIMO!
Esse valor torna as coisas impossíveis, pelo menos para mim. Imigrante faz um baita sacrifício para economizar o máximo possível para não chegar no Canadá e passar fome. Desembolsar 3 mil dólares (e não 3 mil Reais) numa tacada só é loucura, principalmente porque já pedi as contas na empresa em que trabalhava. Daqui pra frente só sai dinheiro.

Ah, vocês querem saber a justificativa para esta medida? É o número crescente de passageiros nas aeronaves, o que fez a companhia rever a prioridade do espaço disponibilizados para bagagens e animais.
Se essa moda pega...

Leia a reportagem aqui.
Esta é a nota ofical no site da Air Canada:

Change of policy on carriage of pets.

To effectively handle the high volume of baggage loads and meet the needs of the vast majority of our passengers, effective July 15, 2007 pets will no longer be accepted as checked baggage on domestic flights, and, pending Canadian Transportation Agency approval, on international and transborder flights. Bookings already made will be honoured.

Customers wishing to transport pets have the option to do so through Air Canada Cargo, where the Cargo team have a specialized "live animal travel" program and are able to plan the best flights for pets to travel on.


4 comentários:

leticia disse...

pula peru, isso vai e muito complicar minha vida... :(

Alexandra disse...

Jeanne,

A minha cadelinha foi como carga para o Canada e não paguei mais do que quando ela viajou comigo não... No caso do vôo pro Canada não é avião cargueiro não, é o mesmo vôo - já que só tem esse vôo direto pro Canada - só que como carga e não como bagagem... A minha voou Brasilia-SP-Toronto-Montreal... Tadinha... Ficou traumatizada... Se não me engano o valor era 1% do valor da passagem por kg - como a minha pesava 15 kg, eu paguei 15% para ela ir como carga...

Fabio e Milena disse...

Voces já tentaram pela AA ?

Acho que eles nao tem essas restriçoes.

Abraços,

Fabio e Milena

:: ultranol :: disse...

Parece que a AA tem as mesmas restrições. Uma que não tem isso (que vc pode levar o bicho como bagagem de mão, junto com vc) é a United Airlines.