20 março 2007

Sobre 2 cães: que dúvida cruel!

Gente, o tempo está passando e daqui a pouco estou com o visto em mãos se o processo levar 10 meses como está acontecendo com algumas pessoas do Canada Immigration. Nós demos entrada em julho de 2006 e pretendemos ir para Toronto em julho de 2007 se tudo correr conforme nossos planos...

Pois bem, quem tem animal de estimação sabe que eles são quase como filhos e no momento a minha maior preocupação é com a Ísis e com o Willy.

O que eu vou fazer com eles???

Aternativa 1: depois de longas horas de vôo até Toronto nos hospedamos em um hotel que aceite animais.
Preocupação: a Ísis é terrível, temperamental e faz xixi e cocô em qualquer lugar quando não estou em casa ou quando faço alguma coisa que a contrarie. Tenho medo de que ela faça isso no hotel, na cama em todo lugar. Não adianta levar pra rua que lá ela não faz. Espera chegar em casa pra fazer. Além disso, ela late para qualquer barulho e os hotéis são rigorosos nisso: se os animais incomodarem os hóspedes teremos que procurar outro local para ficarmos.

(para vocês terem uma idéia do que estou falando, neste exato momento a Ísis está "chorando" e pulando desesperadamente em frente ao fogão porque quer comer os quibes que estão sobre ele. Ela vai té a cozinha, pula, pula e depois vem "chorar" implorando por comida. O Willy está quietinho sentado ao meu lado.)

Alternativa 2: depois de longas horas de vôo deixo os dois em um hotelzinho para cachorros.
Preocupação: eu acho que eles estarão muito estressados e assustados por causa da viagem e ficar num hotelzinho sem mim pode deixá-los mais estressados. Além do mais, eu não tenho referência de nenhum hotelzinho lá, escolher algum seria um tiro no escuro.

Alternativa 3: Encontrar um profissional que fique com eles e possa fazer toda a tramitação para embarcá-los assim que eu conseguir um apartamento para alugar.
Preocupação: que a pessoa não seja idônea e maltrate os meus bichinhos. Também tenho medo que ela fique com o dinheio e não embarque os coitadinhos.
Empecilho: ainda não conheço ninguém que preste esse serviço aqui em SP.

Tenho visto várias coisas pela internet no Toronto Dogs. O preços são meio salgados como aqui no Basil também.
Por exemplo: encontrei hotéis (para o Pedro e eu) com diárias de 90 dólares...pra deixar os cachorros em um hotelzinho para cães terei que desembolsar em torno de 60 dólares...por dia!

Também pensei numa alternativa 4, que seria deixá-los no Paraná com meus pais e depois eles embarcariam as pestinhas.
Bom, é mais fácil uma vaca voar do que meus pais ficarem com eles.

Alguém que levou seu bichinho de estimação tem alguma idéia melhor? Também aceito dicas de hoteizinhos e hotéis que aceitam cachorros... dois deles!!!!



4 comentários:

Simone disse...

Oi, Jeanne. Descobri seu blog ha pouco tempo, e vi que voce esta tendo as mesmas duvidas que eu tive quando vim pra Toronto. Tenho 2 yorkshires que vieram comigo na viagem, quando decidimos morar no Canada (apesar dos meus sogros me aconselharem a largar os bichinhos no Brasil, pode?!) Pois bem, despachei as duas como carga viva no mesmo aviao em que estavamos, avisei aos comissarios de bordo que estava transportando animais (so pra me assegurar que elas estariam num local com temperatura apropriada),container todo etiquetado, agua em garrafinha conta-gotas, comida, horario em que foram alimentadas pela ultima vez, e SEM nenhuma medicacao sedativa (nunca de medicacaoes que atuem no sistema nervoso central sem assistencia medica por perto). Os containers foram forrados com aqueles tapetinhos higienicos proprios para cachorros. E foram. Fizemos escala em Miami, elas desceram do aviao, fiz um mimo pra elas antes de embarcarem novamente e por fim chegaram bem aqui. Stress por stress, naturalmente elas sentiram (e muito), mas eu tambem nao fiquei muito atras. Quando chegamos optamos por causa dos cachorros a ficar nao em um hotel, mas em um condominium todo completo (roupa de cama, banho, talheres, pratos, copos) em Toronto downtown que aceitava pets. Assim, elas nao ficavam estressadas trancadas em quarto de hotel, e era melhor pra todo mundo. O apartamento naturalmente tinha carpete por todo canto, mas pagamos uma taxa pra cobrir limpeza do mesmo ao final da nossa estadia. Elas fizeram bastante xixi no carpete (ate hoje eu peguei trauma de vinagre, que e a unica coisa que consegue diminuir o cheiro) ate se acostumarem a usar o jornal no banheiro. Mas foi sem duvida A MELHOR COISA QUE EU FIZ. Ficamos la 3 meses, quando nos mudamos para um apartamento alugado. A verdade e que ninguem tem o carinho e a paciencia que nos temos com os nossos bichinhos. Embarca-los depois tambem pode ser uma opcao, mas so se voce tiver alguem que goste de cachorros, senao, nao sera uma boa ideia. Todo mundo me dizia que eu era maluca, porque alem de ter que me preocupar com a minha filha de 1 ano e meio, ainda teria que me preocupar com os cachorros. So que os cachorros sao parte da minha vida, nao posso simplesmente descarta-los como quem descarta moveis, certo? So sei que a tranquilidade de saber que eles estavam comigo nao tem preco. Nao sei se te ajudei ou te confundi... Espero que voce consiga resolver seu dilema. Se precisar, simonereis@pobox.com. Beijos.

Alexandra disse...

Oi Jeanne,

Eu também levei minha cadelinha pro Canada mas não imediatamente. Como me mudei no final de novembro e era inverno, resolvi não levar a minha cachorrinha por causa do choque de temperatura (a pelagem não estaria preparada pro inverno). Então deixei-a com meus pais e em junho do ano seguinte eles a enviaram para mim como carga viva. Foi uma viagem super stressante pois na época eu morava em Montreal e a pobrezinha teve que fazer varias escalas (Brasilia-SP-Toronto-Montreal) mas chegou bem, sem muitos traumas. A viagem não teria sido diferente se tivesse sido acompanhada por nós, então nesse ponto o trauma teria sido o mesmo.

Não sei se vc teria a opção de deixar seus caes com alguem que eles conheçam até vc estar mais organizada...

A opção da Simone também me parece boa - a de procurar um condo que aceita animais.

Realmente é difícil encontrar apt que aceite animais. Em Toronto moramos em um apt gerenciado pela empresa Greenwin; eles têm prédios por toda a cidade. Eles têm um site na web...

Uma coisa que eu reparei aqui é que ninguém incentiva os cães a fazerem necessidades dentro de casa. São treinados para fazerem tudo fora e realmente funciona bem. Descíamos com a minha cachorra no mínimo umas 3 vezes ao dia e ela nunca fez nada dentro de casa (a não ser que estivesse doente ou algo). Eu levava de manhã cedo antes de ir pra faculdade; quando chegava em casa e antes de ir dormir. Achei isso ótimo e pensando bem, até mais higiênico do que ter jornal espalhado pela casa...

leticia disse...

jeanne
eu de novo! :o)
pois é, um dos meus dogs é exatamente como a sua Isis, temperamental pra dizer o minimo...tb estou pesquisando a melhor solução.
uma das minha duvidas é se levo de cara ou espero passar um periodo de adaptação, como tb não tenho como deixa-los com familia aqui no Brasil estava inseguro em relação a isso, porém meses atras resgatei um filhote e não tinha como trazê-lo para casa, pois estava muito doente e não podia ficar junto de outros animais. Foi ai que conheci a Dalva que presta exatamente esse tipo de serviço. Ela cuidou do Mike (filhote) por 15 dias para mim, até que ele ficasse bom e pudesse ser adotado. Só posso dizer boas coisas sobre esse anjo que caiu do céu... Se quiser o tel e mais info sobre ela me mande uma e-mail, ok? leticia73 @ gmail.com
(estou em sp)

acvillela disse...

Oi,

Estou indo para montreal e estarei levando meu poodle.
Uma dica a todos: Bicarbonato de sodio e agua tira completamente o odor do xixi....
Minha esposa descobriu isso lendo uma revista americana onde falava que todos os produtos que são desinfetante para cachorro são a base de bicarbonato de sodio...

Abarços e boa sorte a todos